Blog Seriös

Autores que inspiram o universo literário

A leitura traz uma vivência importante e não deve se limitar somente a sala de aula porque essa prática oferece o desenvolvimento de diversas habilidades. Hoje, sabemos que com as novas gerações de crianças digitais, o desafio de incentivar a leitura ganha ainda mais importância.

Estudos comprovam que quem tem o costume de ler, melhora o vocabulário e a interpretação, além de desenvolver o potencial de concentração, imaginação e criatividade. Agora queremos saber como é a sua relação com a leitura e qual autor costuma ler? 

Aqui no Seriös, estimulamos a leitura com atividades propostas que estão no cronograma pedagógico. Mas o ensino continua em casa, com a família como grande aliada e incentivadora! Para auxiliá-los, preparamos algumas sugestões para que possam ler em casa. 

Ana Maria Machado

Já ouviu falar dessa escritora? Ela já publicou diversos livros infantis e com títulos voltados para diferentes faixas etárias. Ficou muito conhecida após receber, em 2000, o Prêmio Hans Christian Andersen, um dos mais importantes de literatura infantil. 

– Menina Bonita do Laço de Fita (1986)

Uma linda menina negra desperta a admiração de um coelho branco, que deseja ter uma filha tão pretinha quanto ela. Cada vez que

ele lhe pergunta qual o segredo de sua cor, ela inventa uma história. O coelho segue todos os “conselhos” da menina, mas continua branco. 

– De carta em Carta (2002).

A história comovente de um avô e um neto, analfabetos, e de Miguel, um escritor, que sabia as palavras que o destinatário precisava ouvir ou ler. Um livro que mostra como a palavra pode interferir nas relações afetivas e também nas instituições, ajudando as pessoas a se sentirem mais cidadãs.

Marina Colasanti 

Com mais de 70 livros publicados para crianças e

adultos, a escritora, jornalista, artista plástica e tradutora já recebeu

dezenas de prêmios por suas obras de literatura infantil, entre eles o Prêmio

Jabuti. Além disso, muitos de seus livros já foram traduzidos para o espanhol.

– Uma Ideia Toda Azul (1979) 

As histórias, embora passadas em lugares

imaginários – castelos, bosques, reinos distantes -, revelam sonhos, fantasias, medos, desejos e outros sentimentos sempre presentes na alma humana e retratado por personagens como reis, rainhas, princesas, príncipes, unicórnios, gnomos, cisnes e fadas.

– A Moça Tecelã (2003).

A moça tecelã, que ganha nesta publicação o trabalho de outros artesãos – as irmãs Dumont, bordadeiras, e o ilustrador Demóstenes, que teve seus desenhos transformados em fios artesanais. 

Ziraldo Alves Pinto 

O escritor é um dos mais renomados autores de literatura infantil do Brasil. Além disso, é o criador do famoso personagem O Menino Maluquinho. A linguagem utilizada em suas obras alcança crianças de

diversas idades. 

– Uma Professora Muito Maluquinha (1995) 

Ao evocar a “Professora Maluquinha”, o autor coloca nos olhos do leitor algumas lágrimas de emoção e de saudade. Humana, compreensiva, às vezes mal interpretada, a personagem, mais do que ensinar, dá a seus alunos a oportunidade de aprender com alegria, de guardar para sempre um grande amor pela leitura.

– Os Dez Amigos (2001).

Cinco dedos em cada mão. Cada dedo tem um nome, um apelido engraçado para revelar. Cada dedo tem seu sonho, e, se as duas mãos se juntam num fraterno encontro, os dez bons amigos fazem uma grande descoberta.

Vamos juntos adotar a prática leitura e construir esse hábito? Boa leitura!